14 de abril de 2013

Secretaria de Saúde de Aracruz reforça ações de combate à dengue


 
  Pensando no aumento de casos de dengue em Aracruz,a Secretaria de Saúde instalou duas unidades provisórias de atendimento a pacientes com suspeitasde dengue, no pátio do Hospital Maternidade São Camilo. Por isso, o Comitê Municipal de Controle da Dengue realizou uma reunião extraordinária na manhã de quarta-feira (10/04) para apresentar as ações emergenciais que já foram iniciadas e expor as medidas planejadas para os próximos dias.
Uma unidade será para a espera de pacientes e o outra para a triagem. A intenção é desafogar o PA e dar mais condições de atendimento aos pacientes. A Unidade de Saúde de Guaxindiba será referência na sede para esse tipo de atendimento, além das unidades de Jacupemba e Barra do Riacho,” afirma o subsecretário de Saúde, Anderson de Paula Santos Pereira.

Segundo o coordenador do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Vicente Penteado Vizioli, a resistência ainda é muito grande nas residências para a entrada e vistoria feita pelo agente de saúde ambiental. “A população precisa colaborar, fiscalizando suas casas e quintais e permitir o trabalho dosagentes para uma ação preventiva.”

No último dia 27 de março, o prefeito de Aracruz, Marcelo Coelho, decretou situação de emergência na saúde devido o aumento de casos de dengue no município. Desde então, algumas ações foram intensificadas, dentre elas a conscientização dos agentes de saúde ambiental nos domicílios. Atualmente são 302 casos notificados e 41 confirmados. Também estiveram presentes na reunião a sargento do Corpo de Bombeiros, Alessandra Rossoni, representantes da sociedade civil organizada e servidores municipais.

Outras ações

O município está unindo esforços para que outras medidas sejam adotadas no combate ao mosquito Aedes aegypti, entre elas, o carro Ultra Baixo Volume (UBV), conhecido popularmente como “fumacê”. O coordenador do CCZ explicou que é preciso atender alguns requisitos para que o Governo do Estado libere esse recurso para o município. “Ainda não conseguimos o carro, por isso é importante que toda população exija nas clínicas e hospitais a ficha de notificação sobre a suspeita da doença, preenchidaassim que a consulta for realizada.”

Fonte : PMA

0 comentários:

add nosso Blog e fique bem informado

. - .